Minhas pacientes muitas vezes me perguntam se as PRÓTESES DE MAMA TEM PRAZO DE VALIDADE. Na verdade, as próteses não tem prazo de validade. Nas décadas de 80/90 os fabricantes orientavam a troca das próteses a cada 10 anos, mas com o passar do tempo os implantes evoluíram bastante e mudaram suas características de forma que hoje um implante de boa qualidade pode durar 15 a 20 anos sem qualquer comprometimento.

MAS DOUTOR, TENHO AMIGAS QUE TROCARAM AS PRÓTESES COM MENOS DE 10 ANOS!

Na maioria dos casos isso ocorre porque a queixa é sobre o formato da mama, que mudou durante os anos e não sobre a o implante em si. Muitas vezes a paciente coloca o implante de silicone ainda jovem e o resultado é bem marcante. O silicone preenche bem a mama deixando a silhueta do tórax harmoniosa e graciosa. A pele fica bem esticada e brilhante. Ocorre que com o passar dos anos a mama tende a cair, naturalmente, o que chamamos de ptose mamária. Além disso, a pele pode se tornar flácida. A ptose é vista também após o período de amamentação, ou após períodos com alteração do peso corporal. Essas mudanças podem ocorrer neste período inferior a 10 anos e por isso algumas pacientes retornam ao cirurgião plástico, pois desejam corrigir estas alterações e regressar ao aspecto obtido quando da primeira cirurgia. Essa nova mamoplastia acaba envolvendo a troca da prótese por uma série de motivos, mas não porque estavam vencidas.

MAS VEJA BEM… Existem situações que só poderão ser resolvidas com a troca da prótese. Um exemplo é o grau de contratura capsular. Ocorre em 5% das mulheres em até 5 anos e pode chegar a 70% em até 20 anos. É a complicação mais comum do implante de silicone. A contratura capsular é definida como a perda da elasticidade da cápsula formada pelo corpo que envolve a prótese. A formação desta cápsula é um evento natural do organismo e ocorre em 100% das mulheres mas a perda da sua elasticidade causando a contratura não. Essa complicação é classificada em primeiro, segundo, terceiro e quarto graus e os dois últimos geralmente são tratados com a troca da prótese.

Comentários

Deixe uma resposta